Internacional

Turcos humilham refugiados, obrigando-os a usar roupas íntimas de mulher


efugiados sírios são forçados a usar lingerie ao passar por fronteira turca

Refugiados sírios forçados a usar calcinha e sutiã ao passar pela fronteira com a Turquia

Ao fugir de uma das maiores tragédias humanitárias do planeta, os sírios ainda estavam passando pela mãos cruéis de inescrupulosos militares turcos na fronteira.

De acordo com postagens em redes sociais, refugiados sírios estavam sendo obrigados a usar lingerie sobre a roupa ao atravessarem a fronteira com a Turquia.

Refugiados sírios forçados a usar calcinha e sutiã ao passar pela fronteira com a Turquia

O incidente, contou o “Sun”, ocorria em posto fronteiriço na cidade de Hatay (Turquia). Há relatos também de agressão. O incidente humilhante levou a várias prisões de militares turcos.

A Turquia, acusada de violações dos direitos humanos contra curdos e armênios, vai receber, em 2018, 6 bilhões de euros da União Europeia para aceitar refugiados da vizinha Síria.