Direito & Cidadania

Presos suspeitos de estuprarem menores


A DEACAV teve conhecimento do fato através de uma das vítimas, com oito anos de idade, a qual descreveu detalhes dos abusos e ainda informou outras duas vítimas que também eram abusadas pelo suspeito, afirmando que os atos sexuais eram praticados dentro do quarto dele.

Após as primeiras informações, foi realizado um trabalho investigativo pelos policiais do DEACAV, em busca das demais vítimas, sendo os abusos confirmados através da equipe multidisciplinar do DAGV e do exame no IML.

“O suspeito era tio de uma das vítimas, demonstrava muito carinho pela criança, dava muitos presentes e os familiares nunca desconfiaram de nada. A segunda vítima foi localizada e ouvida na delegacia na tarde de ontem, demonstrou muito medo do autor e informou o nome de uma terceira vítima. O suspeito confessou os abusos das crianças na delegacia”, explicou a delegada Annecley Figueiredo.

A prisão foi realizada com apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE), em cumprimento a mandado de prisão preventiva, e o preso ficará à disposição da Justiça. A delegada ainda fez um alerta aos familiares para que sejam evitados outros crimes como este.

“Os familiares devem ficar atentos ao comportamento das crianças e adolescentes, e lembrar que a maioria dos casos de abuso sexual ocorre com pessoas que são próximas da vítima, parentes e vizinhos”, alertou Annecley Figueiredo.

Soledade

Uma equipe da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente Vítima (DEACAV) e o Grupo de Operações Especiais (GOE) também prenderam um homem de 52 anos, na tarde de quarta-feira, 29, no Bairro Soledade.

A prisão definitiva dele foi decretada pelo juizado de violência doméstica e familiar contra a mulher no ano de 2013. Já em 2009, ele teria ido a uma pousada em Aracaju com uma criança e uma adolescente. Naquela época ele foi flagrado por policiais com as menores dentro da pousada, na ocasião ele ofereceu vantagem aos policiais para deixar o caso e não ser encaminhado à delegacia.

O suspeito foi condenado pelos crimes de estupro de vulnerável, corrupção e por aliciar menores à prostituição.