Cadê você?

Prefeito sugere que João Alves conheça seu município, para saber como administrar uma cidade


ClaudioUFS LAGARTO“Se ainda estivesse entre nós, o saudoso governador Marcelo Déda (in memoriam) estaria muito feliz com a contemplação de um projeto seu: filhos de agricultores, gente simples de Lagarto estão se formando no Campus de Saúde da Universidade Federal de Sergipe (UFS)”. O depoimento é do deputado estadual Valmir Monteiro (PSC), que ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, para destacar a formatura das primeiras turmas do Campus da UFS em Lagarto.ORDEM

Valmir Monteiro lembra que há seis anos, quando ainda era prefeito do município, teve a honra de assinar a ordem de serviço para a construção daquele Campus com o então governador Marcelo Déda e com o então presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva (PT). “Colaram grau os primeiros alunos dos cursos de Terapia Ocupacional, Nutrição e Fonoaudiologia”. “Infelizmente, o prédio da UFS ainda não está concluído, mas foi graças à boa vontade de Déda, de Lula e do amigo Juquinha, que lutou muito por aquele sonho, que hoje nós assistimos pessoas simples, filhos de assentados e de agricultores cursando o nível superior e colando grau. Lembro que premiei com uma moto a primeira colocada no vestibular para o curso de Medicina e esta foi a filha de um assentado. É aí que você avalia a importância deste investimento”, completou o deputado.

ESCOLA

O vice-líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Valmir Monteiro (PSC), cobra do governador Jackson Barreto (PMDB) e do secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho, a reforma da quadra esportiva da escola estadual Maria do Carmo Alves, localizada no povoado Jenipapo, em Lagarto. Valmir também destacou a presença da carreta do Hospital de Câncer de Barretos em seu município, por intermédio do diretor-geral da instituição, Henrique Prata (que é lagartense), atendendo a um convite do senador Eduardo Amorim (PSC).

SERVIDORES

O vereador Iran Barbosa, do PT, lamentou, na tribuna da Câmara Municipal de Aracaju, o anúncio feito pelo prefeito João Alves Filho (DEM) de que irá reajustar em 5% os salários dos servidores do município. Para Iran, o índice sequer repõe a inflação do período, que ficou em 8,47%, e tampouco reflete a realidade de folga financeira do município, que possibilitaria um reajuste maior sem comprometer os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O Projeto de reajuste ainda será encaminhado à Câmara para votação.

CONTRADIÇÃO

De acordo com o vereador Iran Baroba, a realidade financeira de Aracaju, expressa em números constantes no Demonstrativo da Receita Corrente Líquida e no Demonstrativo da Despesa com Pessoal, encaminhados pelo próprio Secretário Municipal da Fazenda, Luciano Paz, à Câmara de vereadores, contradiz o cenário de queda na arrecadação, utilizado pelo prefeito, para justificar o índice anunciado. Portanto, o prefeito João Alves Filho, DEM, tem condições de oferecer um índice maior.

PODEROSOS

O secretário de Comunicação Social de Aracaju, Carlos Batalha, chegou para jantar num restaurante chique, onde estavam o prefeito de Rosário do Catete, Laércio Passos, e outras pessoas. Uma delas foi até Batalha e disse que João não está fazendo nada para Aracaju e do jeito que a coisa anda não ganha nem para síndico. Batalha subiu nas tamancas e quase enche o sujeito de porradas. A turma do deixa disso acalmou os ânimos.

ROSÁRIO

O prefeito Laércio Passos aproveitou para tirar a sua casquinha e sugeriu que João Alves visite Rosário, para ver como se faz uma administração para o povo, com realizações que atendem ao desejo da população. Claro que Carlos Batalha não gostou, principalmente quando um sujeito disse que João não colocou nem uma lâmpada num poste. Foi exagerado.

COMANDANTE

Não tem primeira-dama, não tem prefeito, não tem vice, quem manda mesmo na prefeitura de Aracaju é o secretário Carlos Batalha e isso tem descontentado os demais auxiliares do prefeito João Alves, garante o cidadão que quase leva porrada de Batalha num restaurante chique, onde Batalha estava bem acompanhado, com uma bela moça. Eu não vi nada, apenas me contaram. Estava quietinho, sentadinho no calçadão, esperando por um amigo, quando a figura veio dizer o que se passou. Por isso, registro.

REFORMA

Me contam lá de Itabaiana e olha que eu não perguntei nada, que o prefeito  Valmir Santos Costa (Valmir de Francisquinho) reformou o colégio da Cabeça do Russo, onde o valor foi R$ 95.000,00 e só pagou R$ 12.000,00 ao dono da empresa Gustavo Júnior. Gente, o rapaz da empresa quebrou porque o prefeito de Itabaiana não pagou! O rapaz está devendo a 60 funcionários a mais de 90 dias. Dizem que para comemorar a reforma Valmir gastou mais ou menos R$ 30.000,00 de fogos mais não pagou o principal A EMPRESA. “Prefeito você é ruim pagador viu! Você conseguiu quebrar a empresa do rapaz e para lhe lembrar a federal está vindo fiscalizar a merenda escolar e vai pedir as notas fiscais”, é o que me diz Galeguinho de Itabaiana.

CARTÃO

José Luiz Bispo, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabaiana, destaca o lançamento do Cartão Empresarial do Banco do Nordeste.

O evento contoU com superintendente do BNB, Saumíneo Nascimento sede da instituição

JORNALISTA

E o companheiro Paulo Sousa, presidente do Sindicato dos Jornalista de Sergipe, coloca esta informação na internet: Colegas jornalistas, pesquisa da FENAJ divulgada revela que mais de 300 deputados federais já apoiam à PEC dos Jornalistas. Entre esses parlamentares, estão todos os deputados sergipanos: André Moura (PSC), Adelson Barreto (PTB), Fábio Reis (PMDB), Fábio Mitidieri (PSD), João Daniel (PT), Jony Marcos (PRB), Laércio Oliveira (SDD) e Valadares Filho (PSB). A PEC precisa de no mínimo 308 votos para ser aprovada.


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.