Coração Bandido

PARCERIA HARMÔNICA.


PARCERIA HARMÔNICA.
Anna Ruth Rodrigues

Tenho um conhecido francês,
Meu vizinho durante alguns dias,
Que volta e meia para o que faz
E com prazer, vem debater comigo
coisas tolas do tipo:
A legitimidade de todos
Terem amantes. Exatamente.

Há duas noites meu celular tocou
e eu sabia que era ele.
Esperei cinco chamadas e atendi.
Prefiro números ímpares. Três
Seria atender com desespero.
“Posso passar no seu apartamento?”
– Pode, em 30 minutos. Eu, tomo banho.

Ele chega. Jean-Luc seu nome,
Me mostra um questionário.
– O que é isso? “Meu perfil”.
– Pra que perfil? “Pra entrar num site de paquera”.
Difícil conter a gargalhada.
– Mas quanta cara de pau!

“Não entendo a graça”, disse displicente.
– Jean-Luc você é casado, diz que vive bem,
Tem 3 filhos, 1 netinho e adora estar em casa.
“Tudo é verdade, mas passo 5 dias na cidade,
E você sabe que minha casa é no campo.
Me sinto só. Você gostou da foto que coloquei?
E pare com o espanto. No Brasil também é assim”.

– Não dessa forma escancarada, descarada,
Meu pai teve nem sei quantas amantes, quietinho.
“O nome disso é hipocrisia. Que mal existe?
Quero apenas uma amiga especial, parceira,
que traga o que hoje me falta: Harmonia!

Então adultério, safadeza, galha, chifre,
Agora viraram sinônimo de Harmonia?
É ver pra crer! E isso é pago? Se for, tem outro nome.
“Não, absolutamente. Poderemos sair para jantar,
Quem sabe depois dançar até o ápice lá no nosso lar.
– Humm a garçonnière já ganhou status familiar …
Pondero baixinho.

– E se sua mulher descobre? Se quiser separação?
“Ela não é louca. Por uma tolice ter que dividir os bens?
E além do mais ela sabe e entende.
Assim como eu a entendo também”.
Não sou pudica, mas essa me pegou de surpresa.
“Fecha a boca, dos 3 filhos, o mais novo não é meu”.

– Você sempre soube e não fez nada?
“Fazer o quê? Logo me apeguei à criança”.
– Ah, meu amigo, já não sei o que é certo e moral.
E como não sei, o que digo é: trata-se de questão cultural.
Siga seus instintos, viva como seu povo, achando tudo normal.
Toma aqui seu perfil. Boa sorte ao pular a cerca.
E uma vida plena de amigas, parceiras, a tal “Harmonia”e tchau!

Sep. 2015

Foto de Anna Ruth Rodrigues.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.