Política

O País da piada suja


Com a apreensão de mais de 30 mil reais entre as nádegas do senador Chico Rodrigues, DEM-RR, o Brasil virou piada internacional, principalmente porque o malandro era vice-líder do Governo no Senado e amigo do presidente Jair Messias Bolsonaro de mais de 20 anos e como bem disse o Bolsonaro é uma união quase que estável.

Chico Rodrigues foi o relator escolhido para a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro, para embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Era um presente de aniversário do pais.

Bolsonaro disse várias vezes que o filho era qualificado para o cargo, porque já sabe fritar hambúrguer e entregou pizzas nos Estados Unidos da América.

A idéia não vingou e para respiração dos  brasileiros, porque o cara só ia fazer vergonha. Em alguns vídeos dele treinando falar inglês foi uma verdadeira piada e seria isso nos exterior, envergonhando a todos nós.

 

Leo Índio, sobrinho de Bolsonaro (à esq.), e o senador Chico Rodrigues - Reprodução/instagram

Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio, amiguinho do vereador Carlos Bolsonaro com Chico

20.jun.2020 - Vice-presidente Hamilton Mourão e senador Chico Rodrigues, vice-líder do governo no Senado - Reprodução/Twitter @senadorchico

Hamilton Mourão e Chico Rodrigues

Chico Rodrigues

Por Cláudio Botafogo Messias