Cinema

Melhor do cinema nacional é o retrato do país de hoje


Se Deus Vier Que Venha Armado
Damião tem direito à saída temporária para visitar seu irmão

Brasil, 2015. Direção de Luis Dantas.  Roteiro de Dantas e Beatriz Gonçalves, originado de uma tese de doutorado de Dantas. Direção de Fotografia: Hélcio Alemão Nagamine. Música de Zé Godoi. 16 anos, 88m. Distr. No Brasil: Pandora Filmes. Com Vinicius de Oliveira, Giulio Lopes, Ariclenes Barroso, Sara  Antunes, Leonardo Santiago.

Gênero – Policial

Sinopse – Após ser liberado temporariamente da prisão, um presidiário tem 72 horas para visitar o irmão, encontrar um amigo de infância e encontrar uma mulher. Entretanto, ele também tem uma missão a cumprir para os chefes do crime, como parte de uma onda de ataques do PCC no Estado de São Paulo.

Apreciação – O diretor é mais conhecido como fotojornalista, daí porque o acabamento técnico do filme impressiona sobremaneira aos espectadores que gostam de filme policial. O filme traz uma pegada própria na abordagem de personagens da periferia. Esta é um bom momento do cinema nacional, na opinião do critico Luiz Fernando Gallegos, da equipe do site especializado  “Críticos”.

Fique de Olho – Em Vinicius de Oliveira que, quando criança, atuou no célebre “Cidade de Deus”.

 


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.