Aposentados

Idosos recebem tratamento especial da Prefeitura


SMS promove roda de conversa sobre violência contra a pessoa idosa

O Dia Mundial de Conscientização e Combate a Violência contra a Pessoa Idosa foi comemorado no dia 15 de maio, e para celebrar a data, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), está promovendo durante todo o mês diversas rodas de conversas com os idosos para falar sobre o tema. A ação é realizada pelo Programa Saúde do Adulto e do Idoso em parceria com o Núcleo de Prevenção de Violências e Acidentes (Nupeva), com as Unidades de Saúde da Família (USFs), além da participação do Núcleo de Projetos Inovadores (Nuprin), através do “Curta SUS”.
Na tarde de quarta-feira, 18, foi a vez dos idosos atendidos na USF Onésimo Pinto participarem da roda de conversa, que foi realizada no CRAS Terezinha Meira, no bairro Veneza. A proposta da roda de conversa foi trazer um pequeno filme para abordar o tema da violência contra os idosos. “O curta metragem faz eles refletirem, pois eles precisam saber o perfil do agressor e como denunciar. Também mostramos aos idosos que nós temos uma rede de instituições que o protege de todos os tipos de violência e queremos sensibilizar, pois sabemos que o idoso tem uma certa dificuldade de fazer a denúncia, já que, na maioria das vezes, o agressor está dentro de sua própria casa”, explica a referência do Programa Saúde do Adulto e do Idoso, Sheila Magno.
clique para ampliar
clique para ampliar
clique para ampliarCleonice do Nascimento
clique para ampliarMaria Josefina

 

 

“Eu gostei de ouvir os profissionais para entender quais os tipos de violência contra os idosos. Eu tenho 62 anos e participo sempre de rodas de conversas como essa. A prefeitura está de parabéns com essas iniciativas, que traz profissionais de saúde para tirar nossas dúvidas. Esse também é um momento de descontrair”, informa Cleonice do Nascimento.

A assistente social da Unidade de Saúde Onésimo Pinto, Lilian Figueiredo, explica que a USF está como parceira nessa ação. “A maioria dos idosos que estão aqui é atendida na nossa unidade e nós sempre realizamos ações de promoção à saúde fora do ambiente da unidade. Esse tema é muito importante para ser debatido entre eles para que eles fiquem informados e sabiam como proceder num caso de violência”, informa.

Maria Josefina afirma que sempre participa de rodas de conversas como essa. “Eu participo de tudo que seja bom para minha saúde. Moro no Jardim Centenário, mas sempre veio para cá. Para nós que somos idosos é um momento muito bom, pois às vezes não entendemos as coisas direito e aqui a gente fica bem informado. Eu era uma pessoa muito doente, tive uma depressão que só vivia internada e depois que comecei a andar com grupo de idosos eu virei outra pessoa, hoje estou muito feliz”, destaca a senhora de 65 anos.


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.