Variedades

Ex-prefeito diz que Capela entrou no caos


 

Ezequiel: “O povo de Capela perdeu a paz e se casou com o caos!”

Indignado com o descaso da atual administração municipal, o ex-prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), chama a atenção dos órgãos fiscalizadores para o “caos” instalado na cidade. Segundo ele, nem os serviços básicos estão sendo prestados a contento e a população continua sendo prejudicada, ficando a mercê de uma “grande farsa”, sem a menor assistência do poder público. “O desemprego é grande, a violência é assustadora e o povo de Capela está passando fome!”

Segundo Ezequiel, a prefeita Silvany Sukita “vende” Capela apenas com os festejos de São Pedro, mas disse que falta a ela capacidade administrativa para trazer benefícios para a população. “Tudo nessa gestão é uma farsa! É apenas marketing e nada mais! Há meses que na prefeitura só se fala nos festejos de São Pedro, mas os fornecedores e prestadores de serviços do município estão sem receber”.

“O povo de Capela era feliz e não sabia! A cidade perdeu a paz, a regularidade nas finanças, a ética com o erário público e voltou a ser um caso de polícia! Tudo o que as pessoas ouvem sobre a administração tenham certeza que é uma farsa! Capela se casou com o caos! E quem achar que eu estou criticando por criticar, que visite o município e converse com as pessoas. O povo vai se manifestar!”, completou o ex-prefeito.

Ezequiel explicou que deixou a frota de veículos totalmente regularizada no final de sua gestão em 2016, mas que agora só circulam pela cidade os veículos locados pela prefeitura. “Temos exemplos gravados de carcaças esquecidas pela gestão, abandonadas pelo poder público. Uma patrol, ambulâncias, ônibus e outros veículos que foram abandonados pela prefeita que não paga pelos serviços de manutenção e eles ficam jogados, sem reparos. É dinheiro sendo jogado no lixo”.

O ex-prefeito também denuncia que na cidade só fala das dívidas acumuladas pela prefeita com fornecedores e que muitos pais de família, nomeados no início da atual gestão tiveram que ser exonerados e hoje passam necessidade. “Os maiores salários de Capela são de pessoas de outras cidades! O povo está passando necessidade! Os índices da Educação são os piores do Estado, a prefeitura continua cobrando pelo transporte dos universitários”.

“As crianças especiais seguem sem atendimentos e nos postos de saúde faltam remédios e agora já faltam médicos. É triste, mas estamos vivendo verdadeiros dias de caos em Capela, mas os festejos do São Pedro estão confirmados e garantidos, mesmo sem a gestão ter pago todos os compromissos das festas de 2017. Fico impressionado como os órgãos fiscalizadores parecem não ver o que acontece no município”, finalizou Ezequiel Leite.