Comportamento

Ex declara ter sido ferido por Luiza Brunet; atriz vê afirmação ‘leviana’


O empresário Lírio Parisotto, 62, disse que precisou receber dez pontos num ferimento após ter sido agredido, no ano passado, pela atriz Luiza Brunet, 54, sua ex-companheira que o acusa formalmente de agressão. A afirmação dele foi dada neste domingo (3), em uma rede social.

Segundo ele, dez pessoas testemunharam o episódio de violência, ocorrido num passeio de barco –ele não diz onde isso teria ocorrido.

Em nota, Luiza Brunet afirmou que “repudia, com veemência, afirmações levianas que tentam distorcer fatos e apresentar como culpada quem sempre foi vítima”. Ela divulgou, também no domingo, uma imagem em que aparece com o olho roxo.

LUIZA BRUNET
Agressão teria ocorrido em NY (EUA)
Promotor de SP afirma que houve crime
Brunet acusa ex-companheiro de agressão
Leia perguntas e respostas sobre a agressão

Na queixa que fez ao Ministério Público de São Paulo contra o ex-companheiro, a atriz apresentou, além de exames médicos, mais de 20 imagens de hematomas para provar que foi agredida em maio deste ano, segundo o promotor Carlos Bruno Gaya da Costa, que atua no caso.

Luiza tornou pública a história na semana passada. Segundo ela, o empresário a agrediu com um soco no olho e com chutes, além de tê-la derrubado no sofá e a imobilizado, quebrando-lhe quatro costelas. O caso, diz a atriz, ocorreu no apartamento em que estavam, em Nova York.

Em seu perfil no Instagram, Parisotto afirma estar sendo julgado e condenado “sem saber do que se trata”. “Há quem adore se fazer de vítima na mídia, afinal, ela é uma queridinha e sabe muito bem utilizá-la. A verdade não tardará. Não julguem antes dos fatos serem esclarecidos”, escreveu o empresário.

Neste domingo, ele chamou a atriz de “muito agressiva” e de “criatura hipócrita”, ao publicar um comentário de um amigo lembrando o episódio ocorrido no barco.

“Se for o caso, vou até São Paulo para contar o que aconteceu no ano passado no barco. (…) Se fala tanto de violência contra mulher. E a violência da mulher contra o homem? Nunca vou esquecer com que raiva e violência a Luiza foi em cima de você no barco. E você tinha que ficar ali apanhando ou tem direito a se defender?”, diz o amigo, identificado como Paolo.

Parisotto afirmou que não aceitará ser “tratado como agressor de mulher”. “Sempre fiquei quieto como acho que tem que ser em assuntos desta natureza. Fazer o que se ela resolveu mentir… Sempre tentei me defender desta agressividade da parte dela.”

Ele não detalha onde foi o ferimento que o fez receber dez pontos e não comenta o caso ocorrido em Nova York. Diz apenas que “nunca agrediu” mulheres, mas que isso “não me tira o direito de me defender de tentativas de agressão através de tapas, chutes, mordidas, unhadas”.

Devido à queixa da ex-modelo, a Justiça decretou medidas de proteção. O empresário está proibido de se aproximar da atriz e de manter contato com ela.

Em nota, Luiza havia dito que sentiu medo e vergonha de denunciar a agressão. “Muito tem sido dito a meu respeito. É triste ver pessoas buscando uma ação minha para justificar a agressão. Nada justifica uma agressão.”

O fato de ela não ter denunciado a agressão nos EUA divide especialistas. Para o advogado George Niaradi, da Comissão de Relações Internacionais da OAB-SP, ele não pode ser julgado de forma isolada no Brasil, pois ocorreu em outro país. Já para o advogado de Luiza, Pedro Fonseca, o local onde ocorreu a agressão não interfere, pois é considerado crime nos dois países e foi cometido entre brasileiros que moram no Brasil.

Reprodução/Fantástico/TV Globo
Nesta semana, ex-modelo e atriz acusou o ex-marido, o empresário Lírio Parisotto, de tê-la agredido. Laudos médicos e fotos estão entre provas. Nesta semana, a ex-modelo e atriz Luiza Brunet acusou o ex-marido, o empresário Lírio Parisotto, de agressão. Entre as provas que ela diz ter, estão laudos médicos e fotografias. No dia 25 de maio, Luiza Brunet postou uma foto na sua rede social e escreveu: "A maquiagem forte esconde o hematoma da alma".
Luiza Brunet divulga foto feita após

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.