Vale o que está escrito

Deficientes passam a ter prioridade no Pronatec, diz gestora do programa


Coordenadora do programa afirma que meta é qualificar esse público.

‘Estamos dando oportunidade para inserir os deficientes no mercado’, diz.

Daniel SoaresDo G1 SE

Gerente do programa em Sergipe e em Alagoas, Andreza Silva Santos (Foto: Daniel Soares/G1)Gerente do programa em Sergipe e em Alagoas,
Andreza Silva Santos (Foto: Daniel Soares/G1)

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) vai priorizar a qualificação de deficientes. A informação foi divulgada nesta terça-feira (16) pela gerente do programa em Sergipe e em Alagoas, Andreza Silva Santos.

“A intenção é levar formação para o grande número de pessoas com deficiência que existem no país. Não existe mais reserva de vagas para os deficientes, eles possuem a preferência para ocupar qualquer uma das vagas disponíveis no programa”, afirma Andreza Silva. Ela foi convidada a falar na Câmara Municipal de Aracaju sobre o Pronatec. A ação fez parte da Semana da Acessibilidade, evento que está sendo realizado ao longo desta semana.

Existe uma Lei que obriga as empresas a preencher 5% do quadro de funcionários com portadores de algum tipo de necessidade especial. “Estamos dando a oportunidade da pessoa com deficiência se qualificar para se inserir no mercado de trabalho. Ao mesmo tempo, isso é bom também para o empresariado, pois muitos deles não cumprem a percentagem indicada pela lei de cotas por que não encontram mão de obra capacitada”, destaca a coordenadora do Pronatec.

Mais informações através do telefone 0800-0616161 ou pelo e-mail pronatec@mec.gov.br.


Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.