Economia

Aumenta desemprego em Sergipe


Sergipe está entre os cinco estados com maior desemprego

Sergipe está entre os cinco estados com maior desemprego (Foto: Arquivo Infonet)

A taxa de desocupação, também chamada de taxa de desemprego, cresceu 3,6 pontos percentuais entre o último trimestre de 2017 e o primeiro trimestre de 2018. Os dados foram divulgados pelo IBGE, por ocasião da publicação dos resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD-C) para os meses de janeiro a março de 2018.

Sergipe registrou uma taxa de desemprego de 17,1% referente ao primeiro trimestre de 2018. A taxa de desemprego hoje é quase duas vezes maior do que a registrada no primeiro e terceiro trimestres de 2015, quando o indicador registrou o valor mais baixo da série histórica (8,6% nos dois casos). Ela também interrompe uma série de três trimestres consecutivos de queda no desemprego, já que a taxa vinha caindo desde a passagem do primeiro para o segundo trimestre do ano passado.

De acordo com dados do IBGE, Sergipe está entre os cinco estados com maior percentual de população em situação de desemprego no primeiro trimestre de 2018. Amapá (21,5%), Bahia (17,9%), Alagoas (17,7%) e Pernambuco (17,7%). Santa Catarina (6,5%), Mato Grosso do Sul (8,4%), Rio Grande do Sul (8,5%), Mato Grosso (9,3%) e Paraná (9,6%) tiveram as menores taxas.

Entre as Regiões Metropolitanas, a região de Aracaju (19,8%) está entre as três regiões com as maiores taxas, atrás apenas da RM de Macapá (20,3%) e da Grande São Luís (20,1%). Considerando apenas os municípios das capitais, Aracaju (17,3%) cai para quinto, atrás de São Luís (19,4%), Macapá (19,1%), Manaus (19,0%) e Recife (18,4%).

Fonte: ascom IBGE